× Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato
Território Inimigo
Literatura, História, Museologia e Numismática. Sítio de Goulart Gomes, o criador do Poetrix.
Meu Diário
26/12/2009 10h05
PALAVRAS QUE LIBERTAM XIII: Ecologista da alma
Todo aquele que une esforços pelo Bem comum é abençoado. Porque deixar o seu mundo pequeno para expandir as fronteiras do dar torna o seu universo infinito. 
    
Deixa os limites que te prendem ao egoísmo, ao só se preocupar consigo mesmo para mergulhar no oceano infindável do compartilhar amor, compaixão, admiração, reconhecimento. 

    
Entrega-te à doação do que tens de melhor, que te sentirás mais pleno do que se o teu movimento fosse apenas em direção a ti mesmo. 

   
Ninguém é feliz sozinho. Não nos referimos à solidão relativa a uma possível vida conjugal. Nos referimos ao “estar só” no sentido de abandonar-se e abandonar o próximo, a humanidade. É desistir de ser feliz e espargir felicidade. É estar no mundo sem estar presente de verdade. 

   
Assuma o teu verdadeiro papel na Terra. Ele não se limita a cumprir as tarefas diárias de trabalhar em prol do teu sustento, zelar pela tua família e divertir-se nos momentos de descanso. Não, não é apenas isso. A vida exige bem mais. Estais aqui, todos estão para abraçar a grande família humana. Todos necessitam de ti. Até os desconhecidos precisam das tuas boas vibrações de amor, que  higienizam o ambiente da Terra.

  
Seja um ecologista da tua alma e da egrégora terrena. Faça a profunda limpeza das ervas daninhas do teu coração e do ambiente que te cerca e preserva todo o manancial de luz latente que habita em ti e em todos deste Planeta. Basta deixar esta luz vir à tona e invadir os corações sedentos de um guia, de um norte, de uma direção. 

   
Tu podes ser esta luz que norteia os caminhos da redenção, da verdadeira paz. Seja esta luz para ti e para toda a humanidade, ainda que as trevas te ameacem, ainda que as lutas tentem te abalar, ressurja translúcido e persistente em tua saga de transformar a ti e, assim, contribuir com a regeneração do Planeta Terra. És uma célula deste grande complexo, desta imensa morada de almas.

 
Muita luz!
 
Maria Rosa
 
(mensagem psicografada pela médium Cristina Barude, Salvador, 10.12.09)
Publicado por Goulart Gomes
em 26/12/2009 às 10h05