× Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato
Território Inimigo
Literatura, História, Museologia e Numismática. Sítio de Goulart Gomes, o criador do Poetrix.
Meu Diário
26/06/2011 18h54
PALAVRAS QUE LIBERTAM 58: Seja como as crianças

 

Seja como as crianças

 

        Que a simplicidade das crianças acompanhe a tua trajetória terrena. Seja como uma delas e serás feliz. Por acaso os pequeninos se preocupam com o dia de amanhã? Vivem cada minuto como se fosse o único, com a leveza dos pássaros. São incapazes de mascarar sentimentos ou de mentir para agradar. São transparentes como a brisa e as espumas do mar. Seus corações são vibrantes e destemidos quando se trata de amar. Brincam de viver. Por isso seus passos são suaves e seguros. Confiam que nada lhes faltará. Seus olhinhos inocentes revelam toda a beleza e a candura do Universo. A  pureza as transforma em seres elevados espiritualmente.

       Apesar de todas estas qualidades inerentes ao início de uma encarnação, trazem consigo as energias emanadas de outras vidas, onde, como adultos, nem sempre acertaram. Assim como os pequeninos, podes viver na pureza, na inocência e na sinceridade apesar  de seres ainda pedra bruta que precisa ser lapidada. Portanto, não te sintas acabrunhado quando a vida te apontar defeitos e equívocos de conduta. Aceita com humildade os alertas que chegam a todo momento, mas que nem sempre vês.

        Apura o teu olhar para perceber os sinais diários e, ao te confrontar com a sombra que ainda carregas, agradeça a oportunidade de aqui estar. Agradeça os instrumentos colocados em tuas mãos para lapidares a pedra bruta dia a dia, transformando-a numa reluzente e preciosa esmeralda.

       E que o verde desta pedra seja o símbolo da esperança em teu coração pujante e belo! Esperança de que o brilho da pedra chegue rapidamente, trazendo os ares da verdadeira felicidade ao teu coração, aquela que só nasce quando sabemos compartilhar os nossos tesouros, reduzindo a carência de amor e de pão dos nossos companheiros da Terra.

 

Luz e paz!

Maria Rosa

(mensagem psicografada pela médium Cristina Barude, Salvador, 24.03.11)

Publicado por Goulart Gomes
em 26/06/2011 às 18h54